22 de abr de 2009

A censura é bicho brabo,
engoliu Mané João


Amilton Alexandre, o Mosquito, é um grande desbocado, linguarudo e escrachado. Seu blog arremessa tijoladas, xinga, enlameia. Tudo isso lhe rendeu até agora 11 processos, principalmente por danos morais (relação abaixo). É possível que ele se incomode muito, muito mesmo! Afinal, as pessoas atingidas por seus petardos se sentem incomodadas, agredidas, vilipendiadas, destratadas e ofendidas. Daí a reação pela via judicial.

Mas vamos refletir um pouco. Lá pelo ano 2025, por exemplo, quando esse período histórico for estudado, vão se sobresair os processos, não o que ele disse a respeito dessa ou daquela pessoa. É isso que vai valer. Entre aqueles que acionaram o Mosquito judicialmente estão alguns personagens com passado histórico de luta contra a ditadura, pela redemocratização, como o vereador Márcio de Souza (PT) e o deputado estadual Edson Andrino PMDB). Icuriti Pereira (PMDB) é outra figura que no passado optou pelo incômodo MDB, mas poderia ter buscado as águas tranquilas da antiga Arena, o partido de sustentação da ditadura.

São figuras as quais respeito muito, tanto pelo passado como por posturas recentes. O Mosquito não acha isso e se insurge provocando, acusando, tirando sarro ou, como se diz nas ruas, cutucando o leão com vara curta. E isso incomoda essa gente. Mas em 2025, qual a leitura que as pessoas vão fazer disso tudo? Vai ser difícil explicar que homens de passado de luta contra a ditadura militar-civil de 1964, tenham tentado calar um blogueiro desbocado. O que o Mosquito anda escrevendo vai se perder, pouco ficará registrado, ou nada. Já os processos não. Eles vão ser os documentos com os quais os historiadores irão se debruçar para estudar o período em que vivemos. Depois de transitado em julgado, os processos vão para o arquivo do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Vai valer o que está no papel e não nos bits.

No futuro, então, as pessoas vão ficar sabendo que lutadores pela redemocratização não suportaram as pressões de um desbocado e tentaram calá-lo pela via judicial. O que dirão disso os netos e bisnetos de Andrino, Márcio e Içuriti? O que dirão os descendentes de Manoel Dias (PDT)? O que pensarão os parentes de Vilson Rosalino da Silveira (PPS), que para fugir às torturas da Operação Barriga Verde de 1975 teve que largar tudo às pressas e se refugiar na França? Eu não ponho a minha mão no fogo pelo Dias, nem pelo verdolengo Gerson Basso (PV), pois não os conheço como conheço os demais, mas me preocupa o que a posteridade vai pensar deles. Talvez que homens que deram o melhor de sí e de sua juventude pela redemocratização, não tiveram equilíbro e bom senso para suportar críticas contundentes, como as desferidas pelo Mosquito.

É isso que vai acontecer. E quem foi o Mosquito? Bem, o Mosquito esteve envolvido nos protestos contra o ditador João Batista Figueiredo em novembro de 1979, tendo sido preso e processado com base na Lei de Segurança Nacional, junto com outros seis estudantes. E que uma vez restabelecida a democracia no Brasil, acabou sendo processado por danos morais etc. E quem o processou? Aqueles que estavam até bem pouco tempo na mesma trincheira. Mas como? É isso mesmo! Será essa a reação da posteridade às tentativas de fazer calar o boca-grande e linguarudo. Nesse caso o Mosquito será a vítima e os antigos combatentes pela democracia os algozes. Pensem nisso. E reflitam um pouco nas colocações do grande Ulysses Guimarães reproduzidas abaixo.


ADVERTÊNCIAS DO PASSADO
"A história do Brasil contemporâneo é uma crônica de autoritarismo, ineficácia governamental, de exclusão e injustiça sociais insuportáveis. Mas é, também, o despertar de um povo, em meio a enganos e decepções, para uma exigência de cidadania, de igualdade e de justiça". (Programa do PMDB)


A liberdade de expressão,
segundo Ulysses Guimarães


"O poder absoluto, erigido em infalível pela censura, corrompe e fracassa absolutamente."

"A liberdade de expressão é apanágio da condição humana e socorre as demais liberdades ameaçadas, feridas ou banidas. É a rainha das liberdades, disse Rui Barbosa."

"A grande força da democracia é confessar-se falível de imperfeição e impureza, o que não acontece com os sistemas totalitários, que se autopromovem em perfeitos e oniscientes para que sejam irresponsáveis e onipotentes."

"A verdade não desaparece quando é eliminada a opinião dos que divergem. A verdade não mereceria esse nome se morresse quando censurada."

"A verdade não tem proprietário exclusivo e infalível." (22.9.1973)

"A censura é a inimiga feroz da verdade. É o horror à inteligência, à pesquisa, ao debate, ao diálogo. Decreta a revogação do dogma da falibilidade humana e proclama os proprietários da verdade." (18.7.1967)


Relação dos processos
contra o blogueiro Mosquito


023.09.028726-9
26.3.2009
Ação Ordinária
2ª Vara Cível
Réu : Amilton Alexandre e Ademir dos Santos (funcionário da Fundação Frankin Cascaes)

023.09.006224-0
21.1.2009
Ação Penal 3ª Vara Crime e Juizado Violência contra a Mulher
Crimes contra a Honra
Réu : Amilton Alexandre

023.09.006222-4
21.1.2009
Indenização por Danos Morais
1ª Vara Cível
Réu : Amilton Alexandre

023.08.078148-1
9.12.2008
Ação Penal Crimes contra a Honra
2ª Vara Criminal
Represdo: Amilton Alexandre

023.08.077179-6
3.12.2008
Ação Penal Crimes contra a Honra
Juizado Especial Criminal
Réu : Amilton Alexandre

023.08.077256-3
2.12.2008
Ação Penal Crimes contra a Honra
Juizado Especial Criminal
Réu : Amilton Alexandre

023.08.077463-9
1.12.2008
Ação Penal Crimes contra a Honra
1ª Vara Criminal
Represado: Amilton Alexandre

023.08.072075-0
4.11.2008
Indenização por Danos Morais
5ª Vara Cível
Réu : Amilton Alexandre

023.08.072067-9
4.11.2008
Representação Criminal
1ª Vara Criminal
Represado: Amilton Alexandre

023.08.070543-2
27.10.2008
Cominatória
3ª Vara Cível
Réu: Amilton Alexandre

023.08.069446-5
17.10.2008
Indenização por Danos Morais
2ª Vara Cível
Réu: Amilton Alexandre

4 comentários:

  1. Celso Martins da Silveira. Companheiro de muitas lutas. Pouca ou quase nenhuma divergência tivemos ao londo de nossa luta pela democracia.
    Estamos na mesma trincheira. Eu, muito mais desbocado e indignado.
    Não toleramos corrupção. De ex-amigos pior ainda.

    Obrigado pelas palavras sábias de um catarinense de bem

    Amilton Alexandre
    Mosquito

    ResponderExcluir
  2. Não precisamos no Brasil de "heróis" de esquerda que, à título de indenização (ou investimento), recebem grandes, enormes, quantias de dinheiro por sua dedicação à idéias, cultivadas apenas por parecerem justas.
    Não precisamos desse homens que legislam em causa própria, enriquecendo à sombra frondosa do poder e, o que é pior, mantendo a pose de heróis desfilando em automóveis de luxo, com seus ternos bem cortados, bebendo os melhores vinhos que o dinheiro pode comprar. Enquanto isso vemos uma parte da sociedade nas filas dos hospitais, mendigando atendimento, em habitações sub humanas, professores humilhados e desvalorizados. Será que idealismo é realmete aquilo que começa na cabeça e termina no bolso????

    ResponderExcluir
  3. Mosquito faz o mesmo com quem discorda dele em seu blog. Impõe a censura.

    Se for acusar, prove, Mosquito! Argumente, não xingue por xingar! Mande subsídios para o MP! Mas agredir por agredir...especialmente porque perdeu o emprego...é muito fácil.

    Além disso, críticas minhas ao "tijoladas" também foram censuradas pelo inseto.

    O cidadão Amilton tenta se fazer de vítima, mas quando alguém o critica, censura, esperneia, chora.

    É um hipócrita medíocre, de baixíssimo nível intelectual e de impossível convívio social. Membro da esquerda festiva desde sempre, não deu certo em nada na vida - e não me digam que é porque "não se vendeu ao sistema", pois tentou de tudo, de empresário a prestador de serviço...

    É um incompetente, pseudo-bem-pseudo-intelectual que quer ser o paladino da moralidade, quer tentar ganhar um dinheirinho e ficar famoso dentre sua turminha da kibelândia...

    Vá trabalhar, Mosquito...

    ResponderExcluir
  4. É isso ai Celso. Ainda bem que vivemos num Estado de Direito. Até vermes como esse se reproduzem. Não tem coragem de mostrar a cara.Não publico em meu blog esse tipo de comentário. Minhas ações são publicas e asinadas. O MP inclusive aciona larápios do erário que denunciei junto com o César Valente. Sentença Judicial divulgada por mim , me garante direitos aviltados.
    Não dou guarida a canalhas no meu blog

    ResponderExcluir