4 de mar de 2009

Quem assina a NET que se cuide!

"Atenção assinantes da NET, vocês podem estar sendo garfados na maior cara de pau:

Sou assinante desde 2005, e agora, no começo de janeiro simplesmente saíram do ar os canais internacionais BBC, TV5 etc.

Liguei para o atendimento e argumentaram que, com a mudança para o sistema digital, meu pacote não incluía mais o pacote de notícias.

Expliquei que conhecia o suficiente do código do consumidor para saber que eles não podem retirar produtos de contratos em vigor sem a anuência do assinante, portanto, eu tinha direito, sim, aos tais canais.

A atendente fez algumas consultas e retornou dizendo que meus canais voltariam em no máximo 24 horas sem custos adicionais.

Para minha surpresa, ontem, 2 de março, recebi a fatura mensal acrescida de ‘mensalidades proporcionais’ cobrando o tal pacote ‘a la carte notícia’ desde a data da minha reclamação, em janeiro, de todo o mês de fevereiro e ainda março, antecipadamente!

Mais uma vez liguei para o call center, que bateu recorde de infração da nova legislação para o setor: pediu meus dados cadastrais várias vezes, caiu a ligação e tive que refazer todo o histórico da reclamação novamente, fui repassada para três atendentes diferentes e, depois de 45 minutos de espera total, recebi a ríspida sentença: “a cobrança procede, a senhora deseja cancelar o pacote a la carte notícia?”?!

Voei para o Procon municipal, onde fui atendida com rapidez e cordialidade. Em pouco mais de meia hora (menos do que minha ligação para a NET!) eu estava com meu problema resolvido, e a segunda via da fatura já com o estorno dos valores indevidos encaminhada.

Claro que aproveitei que estava no Procon e registrei também a demora absurda no atendimento do call center – com o agravante que, na semana anterior, recebi nada menos do que cinco ligações da NET tentando me vender novos produtos!

Pela rapidez com que o interlocutor da NET concordou com os argumentos da competente atendente do Procon, conclui que a regra da NET é: ‘se colar, colou’. Ou seja: quem não reclama, paga o que não deve! Um absurdo que merece ser denunciado.

Suzete Antunes.

Jornalista".


Nota

Cara Suzete

Também sou assinante antigo da NET, um dos primeiros em Sambaqui. O último pacote que adquiri incluía os cinco canais Telecine e mais a RTP e CNN en Espanhol e outros (como a BBC etc etc). Os cinco Teles continuam, mas me garfaram faz tempo a RTP e a CNN em Espanhol, sem contar que recentemente levaram a BBC. Acompanhei em detalhes a segunda guerra no Iraque através da brilhante cobertura do jornalista Carlos Fico (RTP) e das imagens e informações da CNN en Espanhol e BBC.

Outra coisa: como a minha ligação a cabo era antiga, não possuía um tal código, foi cortada em novembro do ano passado como se fosse clandestina, um gato, durante vistoria da NET. Custei a provar que cebola não nasce em pé de pimenta. Religaram. Depois, naquele período da greve recente dos Correios, a fatura não chegou, descuidei, e cerca de 48 horas após o vencimento da mensalidade o sinal foi cortado. No dia seguinte chegou uma correspondência da NET informando que se não pagasse o sinal seria (já estava) cortado.

É por coisas desse tipo que estou querendo cancelar a assinatura. Se souberes como se faz isso me avisa. (CM)



AVISO
O Sambaqui na rede precisa se mudar - a hospedagem atual está quase lotada, restando 10% de espaço disponível.
A mudança é pequena, com o acréscimo de um número "2" no endereço.
http://sambaquinarede2.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário