2 de fev de 2009

Protesto contra estação de esgoto na Barra

Área do antigo campo de futebol do Santa Cruz onde
deve ser instalada a estação de tratamento de esgotos.

Os moradores da Barra do Sambaqui vão realizar um ato público no próximo domingo - dia 8 de fevereiro - contra a instalação de uma estação de tratamento de esgoto (ETE) na localidade. Os detalhes da manifestação serão discutidos amanhã (terça-feira, dia 3), às 20 horas, no salão paroquial da Capela de São Sebastião. A iniciativa é do movimento Esgoto no Mangue Não! e do Conselho Comunitário da Barra do Sambaqui.



Senhor Deca-Deca, antigo morador da Barra de Sambaqui, terá como vizinho a estação de tratamento de esgotos, ao lado da sua casa. "O Ibama andou pegando um rapaz aí com uma cuia de mariscos do mangue e aplicou uma multa sem tamanho. Ele estava tirando alimento para a família. Mas deixam botar um negócio desse que vai emporcalhar tudo aqui", disse. A unidade da Casan vai tratar os esgotos de todo o distrito de Santo Antônio de Lisboa, menos o da Barra de Sambaqui, que por enquanto não terá rede de coleta. Só a estação, distante cerca de 100 a 150 metros da margem do rio Veríssimo, onde existem oito ranchos de pesca com aproximadamente 20 bateiras, canoas e canoas bordadas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário