9 de fev de 2009

"A estação vai ficar dentro do mangue"

Manifestaçao contra a estação de tratamento de esgoto
no manguezal da Barra do Sambaqui (8.2.2009).


Mensagem encaminhada por e-mail ao Conselho Comuntário do Pontal de Jurerê pelo advogado João Manoel do Nascimento e repassado ao Sambaqui na rede.

"É preciso dizer a todos que não há mínima dúvida que, a instalação de uma estação de esgoto na Barra do Sambaqui (dentro do mangue!) representa liberação acidental e ocasional de dejetos no nosso mar, tal como ocorre com frequencia na Beira-Mar e em São José.

Este fato é gravíssimo e pode representar o início da poluição frequente da nossa praia tão querida.

Trata-se de uma questão de maior interesse da comunidade que precisa ser alardeada de todas as formas possíveis, seja em reuniões comunitárias, missas, listas de e-mails, até com o uso de carros de som (se possível!), pois a incompetência da Casan no tratamento de dejetos, infelizmente, é notória.

Além das duas manifestações divulgadas anteriormente, outras manifestações em nossa comunidade devem também ser organizadas.

Desde já solicito que divulgue a informação muito importante (e chocante!), que "a estação vai ficar dentro do mangue e, na época de lua cheia, a maré sobe e cobre tudo". Trata-se de informação de morador da Praia do Sambaqui que é amigo meu e está assustado com a possibilidade de construção de uma estação de esgoto dentro do mangue!

Aliás, precisamos saber se tal projeto conta com as licenças necessárias, pois duvido que o IBAMA (e não a FATMA, como o governo estadual costuma fazer os seus licenciamentos esdrúxulos!) tenha autorizado tal empreendimento.

Ademais, também é importante chamar a atenção do Ministério Público Federal, pois se trata de uma área de preservação FEDERAL.

Atenciosamente

João Manoel do Nascimento
Neto da Sra. Maria Luiza Bischoff"



Mensagem do ex-vereador Rogério Queiroz
aos moradores da Barra do Sambaqui.


"Pontal do Jurerê, 07 fev 09

ADRIANE:

Renovo parabéns pela iniciativa da Associação de Moradores da Barra do Sambaqui em promover amanhã, dia 08/fev, ás 15 horas,( presumo que seja na sede aí na praça ?) manifestação contra a implantação no local de um estação de tratamento de esgoto pela CASAN, sem querer discutir o assunto diretamente com a comunidade local.

De fato seremos nós, aqui do Pontal do Jurerê (topônimo histórico que retomamos no lugar de Daniela) que deveremos ser também prejudicados, pois , sem o emissário submarino (que dizem custa caro??), os dejetos passados na ETE sairão diretamente no mar, vindo até as nossas prais, pelas correntes marítimas, e aí , bau, baum, estará tudo perdido!

Há pouco enviei email para ti, mas, falha no sistema, não me permitir concluir dizendo que há má fé da CASAN, QUE TEM OBRIGAÇÃO DE ATENDER A COMUNIDADE, pois há acordo de trabalho firmado com a Prefeitura, e nós também, do CCPontal, não conseguimos até hoje, com seis meses de insistência obter uma cópia do dito projeto de esgoto Jurerê-Daniela, que pra mim, a esta faltura dos acontecimentos estou certo que não existe coisa nenhuma, é um BLEFE pura e simplesmente, afora toda aquela velha e surrada história já do primeiroo mandando do LHS de estar tratando de conseguir financiamento de dinheiro fácil do Japão....e enquanto isto os edificios de 10 a 15 andares vão sendo erguidos, em todos os quadrantes desta Ilha. Pergunto: pra onde vai toda essa cocozada?

E as doenças como sarampo, rubéola, catapora, menignete, dengue e até tuberculose, e outras que haviam desaparecido estão estão retornando como resultado direto desse descaso criminoso do poder público para com a SAÚDE MAIOR: ESGOTO!

A meu ver a tal de proposição do chamado DEFESO DO ITACORUBI, deveria ser radical estendido a todo a Ilha, paralizando toda e qualquer nova construção até ser sanado este problema primário e básico para a saúde de uma Capital que já chegou a 400.000 almas. Estamos matando a galinha de ovos de ouro, como tenho ouvido! É verdade!

Neste ponto tiro o chapéu e grito viva Gustavo Richard, Vidal Ramos e Felipe Schmidt , governadores de visão estadistas que souberam implantar em plena 1a. Guerra Mundial (194-18), com todas as dificuldades daí inerentes, o ainda atual sistema de esgoto da antiga Desterro ( que possuia então uns 50.000 habitantes) e, que foi "emendado" aqui e acolá por outros sucessores.

Obrigado pelo seu convite que informo ter repassado ao Grupo de Moradores e Amigos do Pontal do Jurerê, e desejo que vcs tenham êxito e colham resultados nessa manifestação.

Não desanimem, é assim mesmo hoje no Brasil: em toda as esferas públicas, há muito descaso e um desprezo mesmo pelos pedidos de cidadãos e entidades como a nossa de moradores, e nenhum email, nem bilhete , nem carta, nem telefomea são dados, em resposta aos nossos ofícios. Silêncio sepulcral, má vontade e terrível má educação !

Finalizo lembrando que desgraçadamente não tivemos mais dirigentes desse naipe que soubessem colocar em primeiro lugar em suas metas A CONSTRUÇÃO EM TODO O ESTADO DE UM SISTEMA MODERNO DE ESGOTAMENTO SANITARIO, que tirasse Santa Catarina, do penúltimo lugar entre todos os demais Estados da Fedeção.Estamos atrás atés dos antigos territórios como Acre, Roraima, Rondônias e só ganhamos do Piaui. E isto É ESCONDIDO, NINGUÉM FALA, A MIDIA ESCAMOTEIA, ESCONDE E NÃO DIVULGA.
É isto aí, grande abraço e parabéns pela iniciaitva.
Abraços,

ROGÉRIO QUEIROZ".
Presidente licenciado do CCPOntal
ccpontal@ig. com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário